FAQ

Perguntas frequentes

Nesta página você encontra respostas para as perguntas mais frequentes em relação ao serviço de galvanoplastia e banho de ouro em Semijoias/Bijuterias.

Mas se sua resposta não estiver aqui, entre em contato conosco, teremos o prazer em atendê-lo.

Qual a quantidade mínima para banho?

Técnicamente, não existe uma quantidade mínima para banho, o que vai definir o mínimo é o tamanho dos tanques e equipamentos que a empresa possuir. Como nossa empresa é focada em lojistas, revendedores, etc., nossos tanques são grandes e não conseguimos banhar menos de 500g de peças. Por este motivo, pedimos o mínimo de 500g de peças para banho.

Qual a camada certa para outros banhos (prata, ródio)?

Como as propriedades dos outros metais como prata e ródio são diferentes do ouro, o processo de banho e aplicação de camada também é. Como a prata é um metal sujeito a oxidação e mudança de cor facilmente, trabalhamos com uma camada única, bem mais alta, de aproximadamente 30 milésimos afim de garantir a qualidade e durabilidade da peça. Já no ródio, por ser um metal bem mais duro e não sujeito a oxidação, a camada é única e não pode ser medida em milésimos, pois o banho é feito até o fechamento total da superfície da peça.

Peças banhadas/folheadas são antialérgicas?

Sim e não. Ouro, prata e ródio, são sim materiais hipoalergênicos ou antialérgicos como alguns dizem, contudo, o que pode provocar a alergia em algumas pessoas é a camada de níquel, muito usada em bijuterias de baixa qualidade, que é aplicada em baixo desses metais afim de aumentar a durabilidade da peça. O níquel além de provocar alergia em algumas pessoas, pode ser cancerígeno se exposto à pele por períodos muito longos (anos) e por isso não é mais utilizado no processo de banho de semijoias. Para isso, utilizamos hoje o banho de niquel-free que tem a mesma função do níquel, porém é uma liga de materiais mais nobres como cobre, bronze e prata, eliminando o problema da alergia. Oferecemos o banho de níquel apenas para peças técnicas de elétrica, audio e vídeo, por ser de baixo custo e não tem como função ficar em contato prolongado com a pele.

É possível banhar peças em aço-inox?

Sim, é perfeitamente possível e o resultado é excelente. Poucas empresas trabalham com banho em peças de aço-inox e inclusivem dizem que não é possível esta banho por se tratar de um processo totalmente diferente e requerer alta tecnologia. Nós oferecemos o banho de ouro, prata e ródio em aço-inox e garantimos um resultado superior ao banho tradicional em semijoias de latão, baixa fusão, etc. O motivo que garantimos que o resultado é superior, é porque o aço-inox é um material duro e já vem polido, então não precisamos aplicar o cobre em baixo do ouro, que acelera o processo de oxidação da peça. O ouro neste caso é aplicado diretamente sobre o aço-inox, e como se trata de dois materiais não oxidantes, a durabilidade da peça é muito superior. Aço-inox também é comumente utilizado em plugues de audio e vídeo e materiais elétricos, que podem receber banho normalmente, melhorando muito a performance em seu uso.

Banho de ouro melhora a qualidade para peças de audio/vídeo?

Sim! Essa é uma pergunta fácil de responder. O ouro, nada mais é que o melhor condutor elétrico conhecido, e por este motivo, ao banhar um plugue ou um componente elétrico a ouro, a condução e consequentemente a performance deste material melhora consideravelmente.

Qual a camada de ouro certo pra minhas peças?

Esta é uma pergunta muito comum para pessoas que não estão familiarizadas com o processo de banho de semijoias e também não há uma resposta exata para esta pergunta, uma vez que a camada está diretamente ligada a durabilidade do banho e as condições de uso da peça. A camada de ouro aplicada na peça é aquela definida pelo cliente e é sempre medida em milésimos (ou micróns), ela nada mais é que a quantidade de ouro que será aplicada em cada peça. Como o processo de banho é a aplicação de camadas de ouro em uma peça, com o tempo, é normal este banho sofrer desgaste devido ao uso, atrito, ácidos contidos no suor ou outros fatores externos. Temos que levar em conta o tipo de uso e as condições que a peça será submetida com seu consumidor final, existem alguns fatores muito importantes a serem considerados que afetam diretamente na durabilidade antes de decidir a camada que será aplicada nas peças. Os principais fatores que colaboram para a aceleração do desgaste do banho são:

  • Atrito que a peça irá sofrer, como anéis, alianças, etc.
  • Temperatura da cidade em que as peças serão comercializadas, pois aumenta a quantidade de suor em contato com a peça
  • Água do mar, piscina, perfumes, cremes, etc.
As camadas mais populares entre nossos clientes, que normalmente recomendamos são as seguintes:
  • Alianças - 12 milésimos
  • Anéis - 10 milésimos
  • Correntes, colares e pulseiras grossas - 10 milésimos
  • Correntes, coles e pulseiras finas - 7 milésimos
  • Pingentes - 5 milésimos
  • Brincos e piercings - 3 milésimos
Importante ressaltar que essas camadas são sugeridas e são médias trabalhadas no mercado, cada cliente deve levar em consideração seu mercado antes de decidir as camadas certas. Essas camadas sugeridas são aplicadas para semijoias, para bijuterias, normalmente a camada aplicada é de 1 milésimo ou também conhecida como Flash.